Miniconto 177* – Deslustre

Do outro lado do rio, as luzes no morro iluminavam a noite solitária.
Focou em uma e imaginou um amor lá dentro.
Daí apagou-se.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *