6 thoughts on “Miniconto 119* – Sonho de criança

  1. Já pensou em ser roteirista de cinema gatinha? Eu ia achar foda você chegando num grande estúdio com seus minicontos e eles planejando os próximos 119 filmes do estúdio baseados neles rsrs realmente muiiito foda como você consegue contar uma longa história em um miniconto, dá pra imaginar uma vida, uma personalidade, uma trama completa com começo, meio e fim, altos e baixos e um final nem sempre feliz: Isso é talento!

  2. Ana Duarte says:

    E eu seria a diretora de Fotografia 😛 Pode ser?
    Brincadeira à parte, queria comentar todos os posts desse blog, mas sou nova nele. Ainda tenho tempo. Detalhe, li todos os mini contos (incríveis por sinal) em questão de alguns minutos. Um me levou ao outro, e ao outro, e ao outro e no final já estava viciada sem vontade de ir pra reabilitação. Incrível como poucas palavras podem dizer muito, muito mais do que muitos livros por aí. A complexidade na simplicidade simplesmente me encanta. Enfim, posso ficar aqui o dia todo, falando o dia todo que não vai ser o suficiente pra dizer o quanto é incrível. Queria ter esse talento, tanto seu quanto do meu irmão. E não sou nada suspeita pra falar, afinal, não faço elogios sem que realmente tenha gostado. E vamos terminar por aqui antes que isso vire um livro. Rsrsrsrs.

  3. Como dia a Ana Dusrte…a leitura de um mini conto, leva a outro, que leva a outro e é assim, quando se vê não quer mais parar de ler.
    Parabéns Géssica Borges, vulgo “Fofinha”,filha de coração e alma, minha nora.
    E por favor, continue nos brindando com esse dom doce e maravilhoso que não veio contigo por acaso…ele é seu!

  4. Ai, que família linda que voc~es são. Tatá, claro que você seria a diretora de fotografia, caso contrário o filme ficaria sem graça ahusdhaudhas

    Que bom que você gostou das coisas que eu escrevo! Fiquei realmente feliz com o comentário, pois te admiro pra caramba. É tipo: yeeeeeeeeeeei, ela gosta de mim!” Rsrs

    Sogrinha linda e amiga, Fofa, minha chará de alma, obrigada mesmo pela sua visita e palavras. A intenção é essa mesmo: que vocês curtam e espalhem a palavra por aí. Vai dar certo tanto para o seu filho quando para mim, espero!

    Beijo beijo nocêis duas.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *