2 thoughts on “Miniconto 110* – A prostituta

  1. Anônimo says:

    Profundo e sincero: engraçado com algo tão pequeno possa ser tão pesado. Desculpe o palavreado, mas você É FODA!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *