A Ruminante

Bocejo.

Os olhos caídos, cansados

Olhando pro nada,

Prum pasto?

Só pasto, nessa vida dura.

Bocejo,

Dói a mandíbula de tanto abrir a boca.

Depois mastigo sei lá o quê,

Com som de mnham mnham mnham.

Bocejo.

Mastigo.

Desisto.

Engulo.

É mesmo, até pareço uma vaca.

 

8 thoughts on “A Ruminante

  1. Bruno, tu nem imagina o quanto 😛

    Sylvio, as pessoas usam a palavra “vaca”, às vezes, pra designar alguém safado ou coisa assim.
    E a pobra da vaca, dona do nome, não faz nada errado, saca?
    Porque diabos o nome dela temq ue ser usado para pessoas erradas/idiotas?

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *