Miniconto 51* – Flagelo

A família era boa. O único malandro se autojustificava: algo tinha dado errado com a propensão genética para a solidariedade.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *