Miniconto 46* – Cautela

Queria um homem que fosse tanto generoso quanto cauteloso, o suficiente pra não deixar marcas visíveis depois de uma noite masoquista.

2 thoughts on “Miniconto 46* – Cautela

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *