Marcelo Tas: A Experiência

Minha mãe diz até hoje: “quem não arrisca, não petisca.” E essa frase não podia ter sentido mais literal do que foi comigo ontem.

Ok, esse post será uma página de diário. Não que eu vá fazer isso sempre.. quem é o tolo que faz do seu blog um diário?

Ontem conheci Marcelo Tas. Ahh, deveria começar com algo mais instigante né? Narrar uma história pra falar o maior acontecimento só no final? … pois é, farei diferente dess vez. Começo dizendo que:

Ontem conheci Marcelo Tas. Aquele mesmo.. professor Tibúrcio, Telekid ou simplesmente o Tas do CQC. E foi uma das experiências mais bacanas (e mudas) que eu já vivi.

Ninguém sabe que eu entrei de penetra na palestra dele, né? Que meu nome não estava em lista alguma para assistir ao 3º Fórum Profissão ao Vivo na Univ. Anhembi Morumbi da Vila Olímpia. Mas, por sorte (e ousadia) eu consegui uma credencial e fiquei lá, de frente pra ele no auditório, com uma cara de besta enquanto ele falava (distinta e didaticamente) sobre as novas tecnologias de comunicação, a evolução da redes, a explosão de informações nos últimos anos com relação ao que existia antes da era digital, Alec Reeves ( muito nerd) e mais … e mais… e mais … um monte de coisa que a gente não sabe sobre o que vivemos. Uma porção de segredinhos que muitos desconhecem sobre o grupo que – agora, com essa Senhora Internet – todos fazemos parte. Interessantíssimo.

É claro que não conseguirei passar tudo o que aprendi aqui, e nem tentaria, se eu o fizesse, quem iria querer contratar o cara ? Ora ora … deixe pra esse tal de Tristão ( futuro mito?) a tarefa de repassar as velhas novidades, como já faz há décadas.

Décadas! Quem diria … em plena forma ( sintam-se à vontade pra especular qual forma), o cara é mesmo o atual símbolo sexual nerd do Brasil. E quando perguntado sobre como se sente com isso, responde, na modéstia disfarçada mais fofinha do mundo: “Me sinto assim um …. aaaahn …. Tchuqui Tchuqui!!”

É claro que eu não consegui perguntar nada mais inteligente que isso, fiz o papel da completa pateta que espera todo mundo tirar foto, pegar autógrafo, pedir vaga para o oitavo CQC, beijar a careca dele e tudo o mais .. só pra ficar observando o cara ser simpaticíssimo e atencioso com todo mundo. E ter os sonhos mais esquisitos com isso, além de formular um post aqui no blog, no dia seguinte, pra guardar digitalmente a lembrança.

Valeu. Pela excelente palestra, pelo delicioso coffee break, pela magnífica paciência do Tas comigo todos e pela “lembrança analógica de uma palestra digital”, além da foto sexy, é claro.

Palestra “Inovação: A criatividade na era digital” com Marcelo Tas. UHULLL o/

3 thoughts on “Marcelo Tas: A Experiência

  1. Sou fã do Tas e sei bem como é sentir essa sensação. E é uma delícia viciante, né?! Cada vez que eu leio sobre um momento que alguém passou com ele, me sinto mais próxima desse… ahn, adorei a definição “símbolo sexual nerd”. rs hahaha E a forma? Forma, aroma, sabor… tudo em perfeitas condições. 😉
    Beijokas!

  2. Pois é Ti! Anonimos não tem muitas opções, sabe? HAHA

    Claudia .. ” Delícia Viciante” é uma boa definição pro encontro… eu realmente já sinto abstinência do cara. hehe

    E não é “simbolo sexual NERD” mais foda do universo? Eu acho!

    😀

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *